São fundações profundas, normalmente verticais, empregadas para transmitir cargas de médio e grande valor ao solo. Geralmente possuem seções transversais circulares, porém as mesmas podem ter outras formas, como por exemplo, ovais.

O processo consiste na utilização de uma campânula para atingir o lençol freático, a partir desse ponto injeta-se ar comprimido com pressão suficiente para equilibrar as subpressões da água, propiciando assim condições de escavação a seco.

Essas fundações podem ser de concreto simples ou armado, variando conforme a necessidade de esforço. Já as bases dos tubulões podem ser alongadas para distribuírem a carga em pressões compatíveis com as tensões admissíveis dos solos na cota de assentamento.

Legenda

Aplicação

Ao executar tubulões onde o solo esteja abaixo do nível d’água, torna-se inviável o processo de esgotamento (bombeamento), pois existe o risco de desmoronamento das paredes do fuste e/ou base. Nesse caso são utilizados tubulões pneumáticos, também conhecidos como a ar comprimido.

Execução

O dimensionamento do tubulão é análogo ao tubulão a céu aberto, com exceção do fuste que deve prever um diâmetro mínimo de 70cm no interior da sua camisa de concreto, esta com espessura mínima de 15cm. O resultado é o fuste com diâmetro mínimo de 100cm.

A camisa de concreto é sempre armada e a NBR 6122 recomenda que toda a armadura longitudinal seja colocada, preferencialmente, nela.

A concretagem do tubulão deve ser processada imediatamente após a conclusão (no máximo 24h, conforme NBR 6122) e o concreto deve ser auto adensável (abatimento em torno de 15cm) para propiciar o preenchimento adequado sem a necessidade de adensamento. O lançamento deve ser feito através do “cachimbo” de concretagem.

Controle de Qualidade

O controle de execução compreende:

  • Inspeção do material escavado, que deverá estar de acordo com o mostrado pelas sondagens;
  • Conferência da cota de assentamento obtida, que deverá ser compatível com a prevista;
  • Conferência da geometria do tubulão (fuste e base), bem como sua locação e desaprumo;
  • Conferência da concretagem, incluindo características do concreto (fck e abatimento), lançamento e preenchimento da base